Revide Vip

Hoje é 17 de Abril de 2014 - Ano 28 - Edição 706

Buscar em x

Selecionar: todos | nenhum

Acompanhe a Revide

Você está em: Revide /
RSS

Blog Gestão Empresarial e Familiar

Murilo Carneiro murilo@knd.com.br
Consultor e professor universitário, mestre em Administração pela FEA-RP/USP

Administração: ciência ou arte?

Postado em 26 de Abril de 2012 às 11:04 na categoria Gestão Estratégica

Para muitos empresários e gestores, que nunca puderam ou quiseram frequentar uma faculdade, administração é simplesmente uma arte, que deve ser aprendida na prática. Portanto, infelizmente, eles desprezam os professores, os pesquisadores e os cursos de administração.

Em certa ocasião, um colega de adolescência que se tornou empresário, quando soube que me tornei professor, lançou, com um tom de deboche, a seguinte frase: “quem sabe... faz, quem não sabe... ensina”. Não foi uma praga lançada por mim, mas fiquei sabendo que sua empresa faliu. Quem sabe um pouco de “ciência” poderia tê-lo ajudado a administrar melhor seu negócio!

Por outro lado, muitos professores e pesquisadores dedicam-se exclusivamente a estudar a administração de forma teórica, apenas como uma ciência, sem dar a devida atenção à aplicabilidade prática dos conceitos e teorias administrativas que desenvolvem. Aquilo que os estudantes aprendem na sala de aula das faculdades de administração são subsídios e ferramentas técnicas que os tornam capazes de exercer sua profissão de administrador, entretanto, com apenas estes requisitos eles seriam meros técnicos.

Administrar exige perspicácia, amplitude de visão, sensibilidade, habilidade para trabalhar em grupo, sociabilidade, dentre muitas outras características. Acredito que estas características não podem ser adquiridas simplesmente assistindo uma aula teórica ou lendo um livro, mas somente na prática, na vivência pessoal e profissional de cada um.

Depois das explicações fornecidas, acredito que seja irrelevante ficar discutindo se administração é arte ou é ciência. Na verdade, as filosofias, técnicas e procedimentos administrativos surgem nas organizações como uma arte, ou seja, como uma forma dos gestores resolverem seus problemas cotidianos. Posteriormente, os “cientistas” da administração, por meio de pesquisas, experiências, estudos de caso e reportagens, elaboradas em tais organizações, formalizam a arte que surgiu. A formalização pode ser feita por meio de livros, teses e artigos. Dessa forma, a arte é transformada em ciência.

O conhecimento formalizado por meio de livros, teses e artigos pode ser aplicado por outros empresários e gestores nas empresas. Logicamente, como cada empresa possui características diferentes, o conhecimento aplicado deverá sofrer adaptações para que possa gerar resultados eficazes. Dessa forma, a filosofia, técnica ou procedimento administrativo poderá ser aperfeiçoado, gerando novos benefícios, ou seja, a “arte” fará com que a “ciência” seja constantemente aperfeiçoada.

Envie esta notícia para um amigo
captcha
Preencha o campo a cima com os informes da imagem.
Faça um comentário
captcha
Preencha o campo a cima com os informes da imagem.

Comentários

    Nenhum comentário para esse post.