Revide Vip

Hoje é 02 de Setembro de 2014 - Ano 28 - Edição 725

Buscar em x

Selecionar: todos | nenhum

Acompanhe a Revide

Você está em: Revide /

Turismo

RSS

Descobrindo a região Programe uma curta viagem de final de semana para um dos ricos destinos turísticos da região

Que tal reunir a família ou os amigos para uma aventura exploratória das belezas naturais e históricas das cidades da região?  Com uma viagem rápida, de fim de semana, é possível se entreter, divertir e também aprender. Acompanhe o roteiro que o portal da Revide preparou para você:


ALTINÓPOLIS

Distante 61 km de Ribeirão Preto, a cidade de Altinópolis é conhecida por suas inúmeras cachoeiras e grutas e pelo Museu a Céu Aberto — um dos três únicos no mundo —, das esculturas do conceituado artísta Bassano Vaccarini. 

A cidade possui cinco rios que oferecem 35 quedas d’água, são cachoeiras (uma delas tem 72 metros de altura) e cascatas para todos os gostos, além de oito grutas devidamente catalogadas, que fazem parte do seu roteiro turístico e uma imensa área verde. O destaque fica com a Gruta do Itambé, que oferece uma fachada de 28 metros de altura e uns 350 metros de galerias. 


A importância cultural da cidade está na mostra nas obras do artista plástico Bassano Vaccarini, espalhadas por toda a cidade, em especial as obras da Praça das Esculturas são um deleite para os olhos dos visitantes.

Bassano Vaccarini - nasceu na Itália (Milão) e chegou ao Brasil após a Segunda Guerra Mundial. Além de professor de Artes Plásticas da FAU-USP (em São Paulo) e Unaerp (em Ribeirão Preto, onde morou), ele foi figurinista, cenógrafo, diretor do Teatro Brasileiro de Comédia, pintor e um notável escultor que escolheu Altinópolis como seu grande atelier.

A cidade é uma boa opção de lazer para quem gosta de esportes de aventura, passeios ecológicos e a cavalo, pescaria ou caminhadas.



BRODOWSKI

Bem pertinho de Ribeirão Preto, são apenas 26 km, Brodowski é outro destino cultural interessante. A cidade abriga o Museu Casa de Portinari, que disponibiliza para visitação um acervo artístico incrível de pinturas murais, nas técnicas de afresco e têmpera, com temática predominantemente sacra, do famoso pintor brasileiro.

O museu conserva a estruturação da antiga residência do artista, reunindo móveis e utensílios pertencentes à família. A grande sala principal permanece com suas funções e utilização originais, com seus respectivos móveis.


SERVIÇO

Local: esplanada do Museu Casa de Portinari (praça Candido Portinari, s/nº - Centro – Brodowski/SP)
Horário: de terça-feira a domingo, das 9h às 12h e das 14h às 17h
Entrada: gratuita
Informações: (16) 3664-4284
www.museucasadeportinari.org.br/








CAMPINAS

Para quem tem disposição de ir um pouco mais longe em busca de um passeio agradável e diferente, Campinas — que fica a 225 km de Ribeirão Preto — é outra opção.

Principalmente para as crianças, o passeio de trem da ABPF Campinas / Jaguariúna é um forte atrativo, que resgata um pouco da história do trem e do café.  A Maria Fumaça percorre 24,5 quilômetros de ferrovia — antigamente pertencente à Companhia Mogyana de Estradas de Ferro — partindo da Estação de Anhumas, em Campinas e indo até a cidade de Jaguariúna, a uma velocidade média de 20 km/h.

São três horas e meia de viagem, com paradas nas estações Pedro Américo, Tanquinho, Desembargador Furtado e Carlos Gomes, são tantas atrações que nem se percebe o tempo passar. Monitores da associação dão todas as informações aos turistas, com atenção especial às crianças, que recebem em linguagem descontraída uma lição de história, cheia de curiosidades.

Eles falam sobre o tempo dos “Barões do Café” e a época áurea da cultura na região, o surgimento das ferrovias no Brasil, a locomotiva e a diferença entre vagões e carros de passageiro. Para as crianças que hoje não têm acesso ao trem um passeio imperdível, uma verdadeira lição de cultura.

Chegar lá é fácil, basta ir pela SP-330, Via Anhangüera, até chegar à Rodovia D. Pedro I. e seguir  até o km 133, onde se entra sentido Carrefour seguindo em frente até a Estação Anhumas.


SERVIÇO
:
ABPF - Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (Regional Campinas)
tEL.: (19) 3207-3637 e 3207-4290.

Horários de passeio:
Jaguariúna - duração de 03h30 - sábado às 10h10min e domingo às 10h10min e 14h30min.
Tanquinho, - com duração de 01h30min - sábado às 15h00min e domingo às 16h30min.

A compra de ingresso nas Estações sempre ocorre 40 a 50 minutos antes da partida do trem, Crianças de 5 a 12 anos, estudantes (com apresentação de carteira) e maiores de 60 anos pagam meia passagem.



PORTO FERREIRA

São 87 km que separam Ribeirão da capital da cerâmica. Historicamente, a Balsa teria sido a semente de Porto Ferreira, que germinaria, no entanto, com a chegada da estrada de ferro, oficialmente inaugurada em 15 de Janeiro de 1880, pela Companhia Paulista de Vias Férreas e Fluviais, com o propósito de atravessar o Mogi Guaçu e atingir a rica região de Ribeirão Preto para o transporte de sua produção cafeeira.

Por força de circunstâncias da época, no entanto, a Companhia Paulista resolveu investir na navegação fluvial no Mogi Guaçu, até sua confluência com o Rio Pardo, o que fez de Porto Ferreira, um importante entreposto hidro-ferroviário, grande responsável pelo povoamento e consequente florescimento do município.

Hoje considerada a capital da cerâmica, a cidade é destino idel para compras, que podem ser feitas principalmente na Avenida e Chalés do Comércio. Ainda dá para curtir um pouco da cidade, que possui belos portais, um Parque Estadual, o calçadão Neno Perondi e uma ponte metálica sobre o rio Mogi Guaçú, toda iluminada à noite, e que fica ao lado área de lazer João Ferreira.

Fotos e informações: www.portoferreira.sp.gov.br




SÃO CARLOS

A 99 km de Ribeirão, a cidade de São Carlos abriga um passeio para lá de agradável, a visitação ao Museu da TAM, o maior museu de aviação do mundo mantido por uma companhia aérea privada.

Criado a partir da restauração de um antigo monomotor Cessna, dos irmãos Amaro, o que inspirou a preservação da memória da aviação e a homenagem a um homem que há mais de 100 anos sonhou que podia voar, o museu possui mais de 20.000 m2 de área com mais de 90 aeronaves expostas — entre pioneiros, clássicos, jatos e caças, a maioria em plenas condições de vôo —, além de simuladores, túnel multimídia, Espaço TAM Kids, Espaço propulsão, Torre de Controle, Espaço Moda e uma ala dedicada exclusivamente a trajetória evolutiva da própria TAM.

E já que você vai estar em São Carlos, pode aproveitar para conhecer mais coisas na cidade como a UFSCar (Universidade de São Carlos), a USP (Universidade de São Paulo), a Fazenda Santa Maria do Monjolinho, a Fazenda Conde do Pinhal e o marco da cidade, que continua sendo a Catedral de São Carlos.


SERVIÇO:
Museu TAM
Funcionamento:
quarta a domingo, das 10h às 16h (entrada permitida somente até às 15h)
Até 6 anos de idade e acima de 65 anos não pagam. Professores, estudantes, de 7 a 12 anos e de 60 a 65 anos com documento comprobatório pagam meia entrada.


Endereço:
Rodovia SP 318, km249,5 – Água Vermelha
Tel.: (16) 3306.2020
www.museutam.com.br

Revide Online

* Publicado em 07/02/2012

Envie esta notícia para um amigo
captcha
Preencha o campo a cima com os informes da imagem.
Faça um comentário
captcha
Preencha o campo a cima com os informes da imagem.

Comentários

    Nenhum comentário para esta matéria.

Outros Cadernos

  • AgroVip

    A Fenasucro, que terminou na última sexta-feira, deve gerar cerca de R$ 2 Bi em negócios

  • Gerais

    Realizar o projeto dos sonhos leva tempo e exige dedicação por parte do futuro proprietário

  • Guia Cultural

    A mostra do fotógrafo João Pedro Zuccolotto propõe uma reflexão e confronta o observador

  • Guia Gourmet

    Biergarten Empório & Bar oferece mais de 350 rótulos, além de comida alemã e petiscos

  • Imóvel

    Construtoras investem em áreas diferenciadas para conquistar o consumidor

  • Moda

    As espadrilles são figurinha certa nos pés das mais antenadas

  • Qualidade de Vida

    Os alimentos termogênicos podem aumentar gasto calórico e ajudar a perder peso