A crença que nos move,

A crença que nos move

Nestes 35 anos da Revide, além das 1.091 edições que produzimos até esta semana, fizemos inúmeros projetos especiais como revistas para empresas e para instituições da cidade e da região. Durante 12 anos, editamos uma revista periódica para o RibeirãoShopping, além de outras publicações. Editamos livros e revistas para parceiros como Hospital São Lucas, Instituto SEB, Nova Benê e algumas prefeituras da região. Fizemos livros sobre a história da cidade, do Theatro Pedro II, das personalidades da cidade e os lugares mais importantes de Ribeirão.

Enfim, a nossa produção editorial impressa foi muito extensa. Em 2010, ingressamos no mundo digital e lançamos um site, na época para hospedar a revista, que sempre foi o nosso produto principal. Dez anos depois transformamos esse site num portal de notícias. Desde então, produzimos conteúdo para oferecer informações atualizadas para os internautas 24 horas por dia.  Com o avanço das redes sociais, investimos também nessas plataformas, com o objetivo de trazer informações confiáveis para o cidadão que quisesse se informar sobre os mais diferentes temas: da política, economia, saúde, gastronomia, aos perfis dos personagens da nossa cidade e região.

Há quase um ano, começamos a produzir um podcast com as principais notícias da semana e também disponibilizamos mais esse serviço para os ouvintes que gostam desta plataforma. O que sempre nos moveu nesses anos foi buscar caminhos para levar a informação confiável aos moradores da cidade. Apostamos na importância do local, dos assuntos que fazem parte do nosso cotidiano. Fazer do ordinário a nossa matéria-prima. Temos conseguido fazer isso, mesmo com todas as dificuldades inerentes do negócio. 

A disrupção provocada pelo mundo digital impactou todos os setores. O consumo de notícias hoje é completamente diferente de como foi há 35 anos. Claro que se reinventar é uma das únicas maneiras de sobreviver. Assim como ainda continuarão existindo o sapateiro, o alfaiate e o taxista, as pessoas continuarão a consumir as informações do impresso. Assim, prosseguiremos produzindo uma revista que pretende deixar um legado importante para que as próximas gerações conheçam. Revelar quais foram os protagonistas da nossa época. 

Trazemos no nosso DNA, uma ética que mantém esse negócio informando com seriedade sobre os assuntos que permeiam a vida das pessoas na cidade. Continuamos acreditando que o jornalismo  ajuda a transformar o mundo, porque um povo bem informado saberá fazer melhores escolhas e assim transformar o universo em que habitam. Essa, para mim, é a grande mágica do que nos propusemos fazer e continuar produzindo esse conteúdo por muito mais anos.

Compartilhar:




Blog Reflexões do Cotidiano

Isabel de Farias
Por Isabel de Farias Jornalista e empresária, e-mail:[email protected]
Ver todas as postagens de Isabel de Farias