O inesquecível 1 a 7 e a Redação do ENEM,enem, cursinhos, vestibular, vestibulandos, ENEM, redação, 1 a 7.

O inesquecível 1 a 7 e a Redação do ENEM

No dia 8 de julho de 2014, no estádio do Mineirão, a torcida brasileira recebeu um duro golpe em seu ego: a seleção canarinho, semifinalista da Copa do Mundo, perdeu por 1 a 7 para a Seleção Alemã, e deixava o sonho do Hexa para as próximas edições do torneio.

E o que essa goleada histórica tem a ver com a Redação do ENEM?

Nada... ou tudo.

O repórter Guido Nunes conta, em matéria do Globo Esporte, que a seleção alemã esperava chegar até os pênaltis com o Brasil e, por isso, havia feito um estudo de como os principais batedores do time brasileiro cobravam a penalidade máxima. Segundo Nunes, “a lista mostrava o respeito que aquela seleção tinha pelo Brasil e trazia muitos detalhes: ’’Hulk, canhoto, bate do lado direito; David Luiz, destro, bate alto, na esquerda; Fred, destro, espera antes de bater, cobra na direita; Daniel Alves, destro, bate forte no alto, fique parado; Hernanes, destro, esperar antes de pular, cobra na direita; Oscar, destro, fica olhando pra bola, bate na direita; William, destro, bate com atraso, esperar e pular pra esquerda’’.

A partir desse estudo, sabe o que o goleiro Manuel Neuer, com toda a sua categoria de melhor arqueiro da Copa do Mundo de 2014 deveria fazer? Pular para o canto que o preparador dele ou que o técnico Joachim Löw, mandasse. Ou seja, seguir as instruções do comando.

Sabe o que deve ser feito na redação do ENEM com toda a sua categoria de [email protected], que está treinando a escrita, que está analisando as próprias falhas, que está reescrevendo e – incansavelmente -, que continua a escrever? Tem que seguir o que seu professor de Redação pede para você fazer. Pular para o canto que ele mandar.

Se houvesse pênaltis, imagine se Neuer ficasse escolhendo o canto para defender, com todo o estudo feito pela sua equipe... se houver redação para fazer no ENEM (e haverá!), imagine você escolhendo o que fazer, sem seguir as instruções do seu professor de Redação.

Com toda a análise feita pelo comando alemão, com um certo exagero, Neuer poderia pular de olhos fechados para fazer a defesa. E você? Pode abrir bem os olhos e perguntar: “Tá, me fala o que eu tenho que fazer”, em vez de tentar adivinhar qual será o tema da prova.

Obs.:

- Óbvio que a vitória alemã não foi construída em 8 de julho de 2014. Eles se prepararam.

- Não foi por acaso a escolha da Vila de Santo André, um povoado, em Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia. Isso também é preparação.

- Implantaram um centro de imprensa, com todo o respeito e infraestrutura para os jornalistas.

- Os jogadores alemães – além das ações sociais – mostraram empatia pelo povoado e simpatia com todos.

- Um dos uniformes da seleção alemã, usado inclusive na vitória contra o Brasil, era nas cores vermelho e preto. Lembra as camisas de alguns times?

- Passar no vestibular não é obra do acaso. É uma vitória preparada.

 



Compartilhar:




Blog Vestibulandos Vencedores

Fábio Itasiki
Por Fábio Itasiki Jornalista e professor, e-mail:[email protected]
Ver todas as postagens de Fábio Itasiki