Formação em psicanálise online em 1 ano?, formação, psicanálise, ead, online, curso, crítica,

Formação em psicanálise online em 1 ano?

A formação em psicanálise online tem uma tradição no Brasil de estar associada a igrejas evangélicas que insistem em tomar a psicanálise e distorcê-la ao ponto de torná-la um produto de consumo de fácil venda e que ofereça uma profissão nobre para pessoas desavisadas, iludidas. Mas, tal modalidade duvidosa de formação está se ampliando cada vez mais em nosso país o que, por um lado, mostra que a psicanálise é bem quista como serviço psicoterápico e, por outro, que a psicanálise tem sido banalizada como nunca.   

Wilson Amendoeira, ex-presidente da Associação Brasileira de Psicanálise - atual FEBRAPSI - comentou sobre cursos de formação online que ”esses cursos têm objetivo mercantilista e são verdadeiras arapucas: prejudicam pessoas e comprometem o patrimônio psicanalítico” (Sierro, 2008).

Neste texto vou contar como foi minha experiência, pelo menos como consumidor alvo, de um curso de psicanálise online oferecido por uma certa “Instituição” de psicanálise, autointitulada de “uma das maiores do pais” que oferece “o melhor curso online do país”. Naturalmente não vou citar nomes pois fazer propaganda seria um desserviço e não é minha intenção atacar pessoas ou instituições mas sim, práticas nocivas que vem banalizando perigosamente a psicanálise e enganando pessoas Brasil a fora.    

Bom, fiz minha inscrição para receber vídeos por e-mail, chamados vídeo aulas, gratuitamente. Até aí tudo bem, pois aprender psicanálise, ou pelo menos aprender seus aspectos básicos cabe muito bem no formato de vídeo aula. Acho válido e possível. Existem conferências e vídeos muito bons pela internet.

A mesma instituição lança então um “curso de formação online”. Fui então direcionado a uma página de inscrição e lá não constava nada escrito sobre programa das disciplinas, os professores, a certificação e etc. Havia um vídeo com o coordenador ou professor do curso e os valores que poderiam ser divididos no cartão de crédito. Clico no play do vídeo e então o professor diz que a formação psicanalítica era “absolutamente singular” e divagações do tipo... “mergulhar no universo maravilhoso da psicanálise” etc. O professor, com ditos mais de 30 anos de experiência, conta um pouco da sua história de formação, mas sem citar nomes de nenhuma instituição de psicanálise ou de nenhum profissional e passa para as questões mais palpáveis do tal curso.Também, é digno de nota que não há currículo deste professor em nenhum lugar do site ou em algum lugar público.

Até agora, tudo estranho e obscuro.

E então, em certo momento do vídeo, oferece o curso de formação online. Vamos analisar o produto, mesmo que obscuro pela falta de informações disponíveis.

O que está a venda? Um curso de formação online com duração mínima de 1 ano. Entende-se, sem grande esforço que em 1 ano forma-se minimamente um psicanalista. Ou seja, ele está minimamente formado como psicanalista, podendo assim exercer a psicanálise. Muito embora o professor da instituição ressalte que a formação psicanalítica é coisa extremamente singular, cuidadosa e que se estende em um campo muito amplo, vende outra coisa. Repito: vende formação em psicanálise em tempo mínimo de 1 ano. Não vende curso introdutório. Não vende curso básico teórico. O que está a venda, repetindo, é um curso de formação em psicanálise online de 1 ano!

Então, recebi então um e-mail de boas-vindas, não deixando dúvidas sobre a intenção do curso:  

“Para aqueles mais motivados e com disponibilidade, podem se formar como psicanalista em um ano e começar a atuar ainda durante o curso”.

Como Wilson Amendoeira disse logo acima no trecho citado, “uma verdadeira arapuca”.

O professor/coordenador do curso não dá detalhes do certificado do curso e diz que o curso contará com grandes professores de ótimas instituições do pais, mas, novamente sem citar nomes. Ele vende um curso de formação online em psicanálise, supõe-se que em 1 ano, que é o mínimo tempo de formação, uma pessoa formada em engenharia, em gastronomia, em ciências da computação torna-se analista. Isso não é propriamente um problema novo, pois a psicanálise no Brasil, por não ser regulamentada, não exige um pré-requisito de maneira legal. Assim, ao digitar no Google “curso de psicanálise online, é assustadora a quantidade de grupos e instituições que vendem este produto a pessoas desavisadas. Infelizmente a psicanálise no Brasil está sendo amplamente utilizada de maneira enganadora, como se fosse um atalho, um caminho mais fácil para pessoas se auto intitularem de “doutores”.

É bom dizer que verdadeiras instituições de psicanálise tem um cuidado extremo com a formação, que é longa e muitas vezes cara. Para se ter uma ideia, o tempo mínimo de formação gira em torno de 4 a 5 anos. Algumas instituições exigem 1 ano de análise, 4 vezes por semana, antes mesmo do interessado entrar no curso de formação. O aluno passa por um processo de imersão total na psicanálise inclusive exercendo papéis institucionais, convivendo com pessoas, resolvendo problemas, enfim, vivendo a psicanálise no mundo real e não em telas de computador. Em casos excepcionais são aceitos outros profissionais que não o médico e o psicólogo, ao contrário do que é dito pelo professor coordenador do curso online. Instituições lacanianas, são mais livres quanto as exigências, mas há sim um rigor – sobretudo dentro das suas Escolas e Institutos.

Enfim, bem no final do vídeo, o professor equivale seu curso online aos cursos de outras instituições sérias no país, como se uma formação em psicanálise pudesse ser abarcada por uma experiência online, com professores que você ainda não sabe o nome, com analistas que você também não sabe o nome e com disciplinas que você também não sabe quais são.

Como o professor bem disse, “é um mergulho ao mundo da psicanálise”. Eu diria um mergulho de cabeça num lago do qual você não sabe a profundidade.

Marcus Vinícius de Oliveira, ex-conselheiro do Conselho Federal de Psicologia afirma que ”isso tudo é muito grave e perigoso. Estas instituições estão criando a ilusão de que os alunos saem dos cursos preparados para lidarem com a saúde mental das pessoas. Do ponto de vista da psicoterapia, a formação oferecida é muito aquém do que seria necessário” (Sierro, 2008).

É notável alguém com “30 anos de psicanálise”, que afirma que “a psicanálise se insere em um universo bastante amplo”, vender um produto que garante uma formação online em 1 ano. Isso é no mínimo, questionável - para não dizer impossível e de extrema má fé. No final das contas, de maneira singela e sub-reptícia, há a crença deste senhor e desta instituição, que um sujeito, graduado em qualquer coisa, pode atender pacientes com menos de 1 ano de curso online de psicanálise.

É o que ele vende. E é o que pessoas desavisadas vão comprar.

Enquanto a psicanálise não possuir uma regulamentação mínima por parte das instituições realmente sérias do Brasil, aberrações desse tipo vão continuar a acontecer, lotando o país de pessoas que se intitulam "psicanalistas" sem passarem por uma formação minimamente suficiente.

Meu apelo fica aos psicanalistas, para que se preocupem com o que pode vir a ser um problema de saúde pública, muito além de uma questão institucional ou de ideologia de escolas de pensamento. 


Referência Bibliográfica   

Sieiro, Aline Accioly. A formação do psicanalista. 2008. Disponível em <http://www.alinesieiro.com.br/2008/06/08/a-formao-do-psicanalista/>. Acessado em 11/07/2017.

 

Leitura Recomendada

ALBERTI,  S.;  AMENDOEIRA,  W.;  LANNES,  E.; LOPES, A; ROCHA, E. (orgs). Oficio do psicanalista: formação versus regulamentação. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2009.

 



Compartilhar:




Blog Ciência e Saúde

Luís Fernando S. Pinto
Por Luís Fernando S. Pinto Psicanalista mestre em psicobiologia, e-mail: luisfernandossp@gmail.com
Ver todas as postagens de Luís Fernando S. Pinto