CARTA ABERTA AOS MANIFESTANTES DE 7 DE SETEMBRO

Eu sou professor, dediquei minha vida a lutar pela vida, pelo livre pensar, pelo direito à livre manifestação, pela independência das instituições, pela sustentabilidade, pela valorização da ciência, por um sistema educacional inteligente, eficiente e criativo. Já vi todo tipo de manifestação e participei de uma enorme quantidade delas. Há muito, porém, não sinto um clima tão belicista, quanto o de agora, incentivado por quem deveria evitá-lo.

Convocar a policia, o exército e grupos radicais para manifestações é uma temeridade, é o mesmo que apagar fogo com gasolina. Fatalmente os "black blocs" terão a desculpa de que precisam para destilar sua violência a torto e a direito. "Black Blocs" não têm lado.

A função primordial das autoridades constituídas é preservar a integridade do cidadão independentemente da linha ideológica à qual pertence. Então, protejam-se e, lógico, às suas famílias.

Não deixem que ocorra uma nova Juiz de Fora ou uma invasão vergonhosa como a que ocorreu no Capitólio, nos EUA.

Indivíduos se infiltram nessas manifestações com o intuito de produzir cadáveres (mártires) em profusão. Com os ânimos acirrados e armas nas mãos de um delinquente, tudo pode acontecer. Quem mata, esfaqueia não é de esquerda nem de direita é assassino.

O voto é a melhor forma de manifestação.

Manifestem-se sim. mas em paz.

Compartilhar:




Blog Homem das Letras

Luiz Cláudio Jubilato
Por Luiz Cláudio Jubilato Professor de Língua Portuguesa, Redação e empresário , e-mail:[email protected]
Ver todas as postagens de Luiz Cláudio Jubilato