2) É bom negócio comprar Terreno, Casa ou Apartamento?

Caras/os Leitoras/es,

No post de 25/09/2011 comentei que a rentabilidade de bens imóveis depende do tipo e da finalidade de uso, ou seja, você pode adquirir um imóvel para fins:

a)    de satisfazer um “sonho” ou “desejo” pessoal;

b)    comerciais (abertura de um negócio próprio);

c)     residenciais (moradia sua ou de um membro da sua família);

d)    de lazer (casa de praia, de campo, um rancho); ou ainda,

e)    de obter renda por meio de aluguel.

Vejam, para cada finalidade acima existe uma motivação pessoal, nem sempre diretamente ligada a racionalidade, em alguns casos relacionada a questões psicológicas, como por exemplo, o item “a” acima o “sonho” ou “desejo” de ter uma casa própria, de praia, de campo ou um rancho.

E quanto vale um “sonho” ou “desejo” pessoal?

Quando a aquisição de um bem imóvel está vinculada a um “sonho” ou “desejo” pessoal não se pode tratar como um negócio, pois a pessoa pode estar alimentando este “sonho” ou “desejo” de ter uma casa na praiamuitos anos, mesmo que em termos de “negócio” ela tenha conhecimento que pode não ser uma boa alternativa.

Um “sonho” ou “desejo” pessoal “não tem preço, motivo pelo qual sempre haverá pessoas dispostas a adquiirir imóveis de maneira não racional, sendo que para esta alternativa não podemos mensurar se foi ou não foi um bom negócio, está em jogo a “satisfação pessoal”.

Existe algum ramo da ciência que estuda comportamentos financeiros não racionais?

Atualmente existem estudos no campo da “psicologia econômica” os quais analisam as decisões financeiras das pessoas sob o enfoque psicológico.  Sobre este ramo da ciência há mais informações disponíveis em http://www.verarita.psc.br/portugues.php?id=artigosnamidia, no site da Professora Doutora Vera Rita de Mello Ferreira, onde encontra-se várias publicações deste ramo da psicologia.

Afinal, qual a solução quando queremos comprar algum imóvel por questões emocionais?

Realizar o “sonho” ou “desejo” pessoal de ter a casa própria, de praia, de campo ou um rancho, pode trazer felicidade imensurável, então, a solução é utilizar pelo menos uma dose de razão e fazer o negócio com segurança, seguindo os passos básicos elencados no post de 18/09/2011  (http://www.revide.com.br/blog/valdir-domeneghetti/post/compra-de-terreno-casa-ou-apartamento-quadro-resum/).

MUITA ATENÇÃO - não deixe seu “sonho” ou “desejo pessoal” se tornar um pesadelo por meio da compra de um imóvel com problemas na documentação ou  na estrutura da construção.

Na próxima semana apresento as decisões racionais para a aquisição de imóveis para fins comerciais, item “bacima. 

Compartilhar:




Blog Educação Financeira e Previdenciária

Valdir Domeneghetti
Por Valdir Domeneghetti Professor/Consultor FIPECAFI/USP-SP, mestre Administração FEA-RP/USP, e-mail: domeneghetti@folha.com.br
Ver todas as postagens de Valdir Domeneghetti