Bastidores da Política | 10.05.2019, bastidores, politica, próurbano, transerp

Bastidores da Política | 10.05.2019

As principais informações da política em Ribeirão Preto

Só falta o mar
Na Agrishow, o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, declarou que o título “Califórnia brasileira” para Ribeirão Preto está defasado. Para ele, a cidade é uma “Miami brasileira”. O secretário chegou a essa conclusão após um passeio no bairro Vila do Golfe.
Foto: Allan S. Ribeiro
O bem-amado
A Câmara dos Vereadores aprovou a regulamentação dos transportes por aplicativo em Ribeirão Preto. Durante a justificativa do voto favorável, o vereador Renato Zucoloto (PP) afirmou que a nota que ele possuía no Uber era “4,89 estrelas”. Após a fala de Zucoloto, outros parlamentares começaram a comparar as notas no aplicativo para saber quem era o mais querido entre os motoristas.

Calote
A Justiça de Ribeirão Preto determinou que o Consórcio PróUrbano retome o pagamento da taxa de gerenciamento à Transerp, suspensa desde 2016. A taxa de 2%, prevista em contrato, é cobrada sobre o faturamento da PróUrbano. O valor estimado da dívida está em R$ 7 milhões.  A empresa alega que é tributada duplamente pelo município. 


Tranquilos
Por outro lado, o Consórcio PróUrbano afirmou, por meio de nota, que recebe com muita tranquilidade a decisão da Justiça de Ribeirão Preto. A empresa pretende recorrer, pois alega que a suspensão da taxa foi determinada pelo Tribunal de Justiça (TJSP). O recurso será julgado por esse mesmo colegiado.
Foto: Allan S. Ribeiro
Melhor um do que nenhum
A Câmara aprovou o projeto de Lei da Prefeitura que cria um conselho consultivo para assuntos de saneamento básico na cidade. Entre os cinco vereadores contrários, Marcos Papa (Rede) acusou o conselho de ser “chapa branca”, já que o Executivo iria indicar os membros. Por outro lado, os que votaram a favor alegaram que era melhor ter um conselho com defeitos, do que ficar sem nenhum. “Se não começarmos, como vamos saber que não dá certo?”, declarou o vereador Boni (Rede).

Foto: Aline Pereira

“Essa Casa se tornou um instrumento que só barra! Só tem crítica, nunca está bom! Temos que parar de travar a cidade”

criticou o vereador Maurício Gasparini (PSDB), durante a votação da criação do conselho de saneamento básico.

Compartilhar: