Bastidores da Política | 31.05.2019, Política, Darcy, Prefeitura, Câmara, Deputadosm Público, Secretário da Fazenda, Vereador

Bastidores da Política | 31.05.2019

As principais informações da política em Ribeirão Preto

Antes tarde do que nunca
Pela primeira vez em 2019, o vereador Nelson das Placas (PDT) fez uso da tribuna na Câmara. Na sessão do dia 23 de maio, o parlamentar pediu a palavra para solicitar voto favorável a um projeto que objetiva devolver em dinheiro os créditos não utilizados no cartão do transporte público. Se, por um lado, as placas do “Seu Nelson” são uma forma de comunicação quase que onipresente em Ribeirão Preto, por outro lado o vereador é um dos menos comunicativos na Casa. 


Indiretas
A maioria dos vereadores derrubou um pedido de convocação do secretário da Fazenda, Manoel de Jesus Gonçalves, para prestar esclarecimentos sobre o não cumprimento do desconto do “IPTU Verde”.  A negativa do pedido, de autoria do vereador Jean Corauci (PDT), descontentou a mesa diretora, que costuma votar em conjunto. “Tudo aquilo que é favorável à população encontra barreiras em Ribeirão”, declarou Lincoln Fernandes (PDT), referindo-se aos vereadores que votaram contra.

Eu vi primeiro
Poucas horas depois da notícia da morte do palhaço Antônio Carlos Spindola, o “Biriba”, três requerimentos para nomeação de logradouro público deram entrada na Câmara de Ribeirão Preto. Os pedidos partiram dos vereadores Lincoln Fernandes (PDT), Igor Oliveira (MDB) e Alessandro Maraca (MDB). Além deles, ainda no mesmo dia, Jean Corauci (PDT) requereu à Câmara uma moção de pesar pelo falecimento do artista.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Sem segredos
O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo negou o pedido de suspensão das interceptações telemáticas do ex-superintendente da Coderp, Davi Cury, além das interceptações telefônicas do ex-vereador Walter Gomes, do advogado Sandro Rovani e do ex-secretário da Educação, Ângelo Invernizzi.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Perda total 
A Justiça determinou o bloqueio de R$ 769 mil da ex-prefeita de Ribeirão Preto Dárcy Vera referente à organização da prova da Stock Car na cidade. Na decisão, o juiz Reginaldo Siqueira, da 1ª Vara da Fazenda Pública, determinou o bloqueio, na mesma quantia, da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Vicar, empresa responsável pela organização da corrida. A ex-prefeita já foi condenada a cinco anos em regime semiaberto pelo desvio de verba no evento. 


“Várias convocações foram feitas na Câmara e havia presença mínima de vereadores. Peço que qualquer pessoa que venha aqui, sinta-se respeitada e seja recebida por todos nós”
criticou o vereador Boni (Rede) a respeito da baixa presença de vereadores em convocações de membros do Executivo.

Foto: Ibraim Leão

Compartilhar: