Sucesso nas vendas , Copema, Construtora, Empreendimentos, Ribeirão Preto, Tecnologia

Sucesso nas vendas 

Durante a pandemia, Copema negociou 90% do estoque de um portfólio que incluía opções de 85m² a 300m²; novos empreendimentos serão entregues em breve 

A pandemia trouxe uma nova realidade. As pessoas passaram a ficar mais tempo em casa. Em muitos casos, o lar teve que ser transformado em local de trabalho ou estudo. Não raro, nas duas coisas ao mesmo tempo. Isso fez com que descobrissem outras necessidades e precisassem de mais espaço. Itens como plantas inteligentes, varandas gourmet e espaços de home office, além de áreas de lazer amplas e bem planejadas, tornaram-se essenciais. Tudo o que sempre foi marca registrada da Copema, construtora fundada há 36 anos e que participa ativamente do progresso de Ribeirão Preto, colaborando com o desenvolvimento de novos bairros e regiões. “Percebemos que o lugar mais seguro é a nossa casa, que passou a ter uma outra configuração, com pais e filhos dividindo espaço para trabalho, estudo e lazer. Foi quando explodiu a procura por imóveis que atendessem essas novas necessidades”, constata o diretor comercial da Copema, Augusto Collaço. 

Os números comprovam isso. Do início da pandemia, em março do ano passado, até setembro, a Copema negociou 90% do estoque de um portfólio que incluía opções de 85m² a 300m². “Embora as pessoas tivessem, em um primeiro momento, alguma insegurança e recursos reduzidos pela situação, elas resolveram investir, pois precisavam de um lugar maior, onde pudessem trabalhar e dividir espaço com a família, que também estava em home office ou estudando”, afirma Collaço.  

Ele explica que os auxílios governamentais e as taxas de juros em patamares inéditos foram importantes incentivos, mas considera as plantas adaptadas e prontas para o atual momento, em sintonia com os desejos dos clientes, fundamentais para o sucesso das vendas. “Nosso departamento de projetos é muito bem desenvolvido. Conseguimos apresentar plantas inteligentes, à frente do seu tempo e que atendam a demanda não apenas instantânea, mas também de futuro”, garante o executivo. 

Exemplos são o Le Monde, que será entregue no quarto trimestre deste ano, e o Ilê Verte, no segundo semestre de 2022. Ambos oferecem espaços maiores e integrados, além de excelente localização e serviços agregados ao condomínio. Pequenos detalhes que fazem grande diferença. “A sustentabilidade foi aprimorada nesses empreendimentos, que possuem, entre outros diferenciais, captação de água dos aparelhos de ar-condicionado para reúso coletivo do condomínio. As portarias também foram revisitadas. Além do controle de acesso, agora são também locais para recebimento e armazenamento de mercadorias e refeições”, explica o diretor comercial. E, para finalizar o ano, a Copema ainda promete surpresas. “Estamos concluindo um novo produto, preparado para enfrentar todas as mudanças de comportamento com o padrão e qualidade que são a marca registrada da construtora”, completa Collaço. 

Empresa mantém tradição e valoresMiriam comenta sobre uma das tradições da empresa: a decoração natalina na central de vendas da Fiusa

Conservar suas tradições e valores é algo primordial para a Copema, desde a qualidade de seus empreendimentos até as comemorações anuais, como o Natal. Ansiosamente aguardada, a decoração natalina da central de vendas da Av. Prof. João Fiusa transforma o local em um ponto turístico da Zona Sul, parada obrigatória para fotos e passeios com as crianças. No ano passado, por conta da pandemia, a presença do Bom Velhinho foi adaptada para o mundo digital, sem perder a magia e o encantamento. “As crianças conversaram com o Papai Noel em horários agendados, através de vídeo chamadas. Elas entenderam e concordaram em manter a distância para que ele não ficasse doente”, conta a gerente comercial Miriam Rombola, ressaltando o sentimento de solidariedade despertado nos pequenos. “Eles já estavam longe dos amigos, da escola. Não seria justo também perder o Papai Noel. Muitos pais nos agradeceram por não deixar essa tradição se perder em um momento tão difícil”, completa.

 

Tour online, realidade virtual e contrato digital viraram tendências

Para Collaço, plantas em sintonia com os desejos dos clientes foram fundamentais para o sucesso das vendas
Para a Copema, a tecnologia sempre foi uma importante aliada. Muito antes da pandemia, a construtora já utilizava plataformas digitais, como vídeos em 360° e realidade virtual, que permitem, mesmo à distância, conhecer cada detalhe dos empreendimentos. Com as novas regras sanitárias e o distanciamento social, o que era uma tendência e ainda dividia espaço com as negociações presenciais foi aprimorado e se transformou em realidade, sendo a opção preferida pela maioria dos compradores. “É um diferencial que veio para ficar. O digital hoje faz parte de nossa vida e vai fazer cada vez mais, em todos os segmentos e rotina”, garante o diretor comercial da Copema. A construtora oferece aos clientes a comodidade de realizar um tour virtual, que pode ser acompanhado por profissional preparado para tirar qualquer dúvida e guiá-lo digitalmente pelo imóvel. Nele, é possível conhecer de perto cada detalhe do empreendimento, muitos deles que acabam, às vezes, passando despercebidos em uma visita presencial. Após decidida a aquisição, a formalização da compra também pode ser feita online, por meio de assinatura digital do contrato. “São facilidades disponibilizadas há algum tempo pela Copema, mas que com as novas regras sanitárias e o distanciamento social ganharam força, embora ainda existam as visitas presenciais, que são agendas e seguem todas as orientações das autoridades. O digital é um novo conceito que passou a fazer parte do dia a dia das pessoas. É inimaginável viver sem essas plataformas”, finaliza. 

Compartilhar: