Censo irá mapear os animais domésticos no País
Censo irá mapear os animais domésticos no País

Censo irá mapear os animais domésticos no País

A estimativa é de que existam mais de 120 milhões de animais de estimação no Brasil; em Ribeirão Preto são cerca de 90 mil

A estudante Giovana Parisi é dona de dois cachorros, que foram resgatados da rua, além de dois esquilos da Mongólia, um roedor, parecido com o porquinho da índia, que, aliás, foi outro bicho que ela já cuidou, mas esse últimos ela considera mais um passatempo. E ela conta que teria mais se tivesse mais espaço em casa.

“Eu gosto de ter em casa sabendo que eles estão bem cuidados, se eu pudesse teria mais. Também acho que ter um animal ajuda no humor, melhora o ambiente da casa em geral, principalmente cachorros que são muito carinhosos, se percebem que a pessoa não está bem tentam ajudar”, conta Giovana.

A mesma situação vive a estudante Maria Isabel Guidugli, tem uma cadela, chamada Kika, que cria há cinco anos. A garota conta que criar um animal de estimação é zelar por uma vida, e por isso trata o animal como se fosse um ser humano, e que considera da família já, e sente até falta do bicho quando está fora de casa.

“Chega a ser até engraçado as vezes, mas ela é muito carinhosa, conosco. Eu gosto bastante da presença dela aqui em casa”, conta a estudante, que tem que dividir o carinho de Kika com o irmão e os pais.

Para aproximar ainda mais os animais de estimação de seus donos, o movimento República Nacional dos Pets lançou um censo para saber qual a população de animais domésticos que existe no Brasil. O levantamento servirá para estudos que possam se tornar leis específicas para os animais e também para o mercado deste nicho, já que ainda não há nenhuma pesquisa oficial sobre o assunto.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), existem no País mais de 120 milhões – a maioria é formada por cães, mais de 50 milhões, seguidos pelas aves de estimação, aproximadamente 37 milhões, dos gatos, cerca de 22 milhões, e dos peixes, aproximadamente 18 milhões. Os dados são de 2014. Em Ribeirão Preto, de acordo com estatísticas de 2014 da Secretaria Municipal da Saúde, são mais de 90 mil cães e gatos em Ribeirão Preto.

A pesquisa tem a intenção de reunir dados e informações para ajudar a entender o mercado para produtos animais e também o poder público, para direcionar e criar leis específicas, ter um maior controle de localização, qualidade e expectativa de vida desses animais, além de direcionar esforços para aqueles que vivem nas ruas.

O questionário pode ser preenchido pela internet, e pode ser acessado por qualquer dono de animal no País.

Compartilhar: