Coletor de recicláveis é preso após tentativa de latrocínio em Ribeirão Preto

Coletor de recicláveis é preso após tentativa de latrocínio em Ribeirão Preto

Caso ocorreu na tarde desta quarta-feira, 22; suspeito tentou roubar empresa de recicláveis, na Vila Mariana

Um coletor de recicláveis de 37 anos foi preso em flagrante após tentar roubar uma empresa de recicláveis e atirar contra o dono do estabelecimento e a filha dele, em Ribeirão Preto. A tentativa de latrocínio ocorreu na tarde desta quarta-feira, 22, na Vila Mariana, zona Norte da cidade. Apesar dos disparos, ninguém se feriu. 

 

Segundo informações do boletim de ocorrência (B.O.), as vítimas disseram aos policiais militares que o suspeito do crime já vendeu recicláveis no local e que entrou no depósito por volta das 15h. Ele teria pedido R$ 50 ao dono do estabelecimento, de 50 anos, que negou o dinheiro. A partir daí, o catador de recicláveis teria se alterado e sacado uma arma de fogo.

 

O homem atirou duas vezes contra a filha do dono, de 31 anos, que estava no caixa do estabelecimento. Em seguida, disparou contra o empresário e fugiu pela Rua Taubaté, em direção à avenida Mogiana. Após buscas pela região, equipes da Força Tática do 3º Batalhão de Caçadores (3º BC) encontraram o suspeito escondido em uma empresa na Rua Santos. Ele confessou o crime aos policiais militares. 

 

O suspeito foi levado à Central de Polícia Judiciária (CPJ), no Centro, onde foi ouvido. Na manhã desta quinta-feira, 23, ele passou por audiência de custódia, e a Justiça decidiu pela manutenção da prisão. A arma do crime não foi localizada. A defesa do coletor de recicláveis afirmou, por telefone, que ainda não teve acesso às provas e que vai se manifestar apenas nos autos do processo.

Compartilhar: