Revide, Mutirão retira 2,5 toneladas de possíveis criadouros do mosquito da dengue, ribeirão preto, multirão dengue, secretaria saúde ribeirão preto

Funcionários da saúde visitaram 2.745 imóveis

Mutirão retira 2,5 toneladas de possíveis criadouros do mosquito da dengue

Ação foi concentrada no bairro Vila Albertina, Zona Norte de Ribeirão Preto, onde foram visitados 2.745 imóveis

Equipe da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde de Ribeirão Preto realizou, neste sábado, 4, um arrastão de combate à dengue na Zona Norte da cidade. O objetivo foi recolher possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue, Aedes aegypti, e também retirar materiais que servem de abrigo para escorpiões.

Na ação, concentrada no bairro Vila Albertina, os 95 funcionários da saúde visitaram 2.745 imóveis com o apoio de uma viatura policial e cinco caminhões. Foram encontrados 16 focos de larvas do mosquito.

Os caminhões recolheram 2,5 toneladas de materiais inservíveis, como latas, garrafas plásticas, carcaças de eletrodomésticos, além de cerca de 50 pneus. Todos esses materiais encontravam-se jogados a céu aberto nos quintais das residências e terrenos baldios.

Segundo o departamento, mutirões como este têm o intuito de garantir a retirada de criadouros das residências, com a finalidade de prevenir a transmissão de dengue, zika e febre chikungunya.

Com informações da Prefeitura de Ribeirão Preto

Imagem: Divulgação/Prefeitura de Ribeirão Preto

Compartilhar: