Revide, Mutirão de fiscalização notifica 11 escritórios de contabilidade irregulares em Ribeirão, contabilidade, conselho regional, fiscalização, escritórios, estado de são paulo

Ribeirão é a cidade com mais escritórios irregulares da região

Mutirão de fiscalização notifica 11 escritórios de contabilidade irregulares em Ribeirão

Ao todo, foram encontradas 35 empresas desqualificadas em 20 cidades da região

O Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRCSP) notificou 35 empresas de prestação de serviços contábeis irregulares na região de Ribeirão Preto, em mutirão de fiscalização realizado de 6 a 10 de novembro. A operação surpresa passou por 20 cidades e, ao todo, foram fiscalizadas 58 organizações.

De 20 escritórios em Ribeirão Preto, 11 foram classificados como irregulares, representando o maior número da região, à frente de Franca (7) e Sertãozinho (4). Duas empresas ribeirãopretanas já estavam encerradas e sete delas com a regularização em andamento. Nove escritórios não foram localizados.

“No final, os clientes acabam sendo seriamente prejudicados pelos erros cometidos por esses profissionais irregulares, pois quando decidem buscar os seus direitos, descobrem que foram ludibriados, tendo que arcar com as consequências fiscais e até criminais”, explica o vice-presidente de Fiscalização do CRCSP, José Donizete Valentina.

São considerados irregulares os escritórios clandestinos que não cumprem as exigências legais para o exercício da profissão contábil, contratam pessoas desqualificadas para atuar na área e não possuem registro com o Conselho Regional. O levantamento dessas empresas foi feito por meio de convênios com a Receita Federal do Brasil e a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

Agora, as empresas notificadas terão o prazo de 15 dias para se regularizar adequadamente junto ao órgão. Um processo de fiscalização será aberto e serão analisados, em um tribunal de ética e disciplina, o tipo e a gravidade das irregularidades. Todas as empresas têm direito à defesa.

Foto: Pixabay

Compartilhar: