Revide, Theatro Pedro II tem iluminação vermelha para celebrar Dia Mundial do Doador de Sangue, doação de sangue, covid, pandemia, hemocentro, hemocentro ribeirão preto,

Neste final de semana, Hemocentro de Ribeirão Preto está com o estoque de bolsas de sangue abaixo do necessário

Theatro Pedro II tem iluminação vermelha para celebrar Dia Mundial do Doador de Sangue

O motivo da ação é homenagear os doadores, além de conscientizar a população sobre a importância do gesto

Em comemoração ao Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, o Theatro Pedro II de Ribeirão Preto deixa a fachada com a iluminação vermelha até a próxima terça-feira, 15. O motivo da ação é homenagear todos os doadores de sangue, além de conscientizar a população sobre a importância da iniciativa de doar sangue. 

Esse evento foi organizado pela primeira vez em 2005, por meio de uma iniciativa conjunta da Organização Mundial da Saúde (OMS) da Federação Internacional da Cruz Vermelha e das Sociedades do Crescente Vermelho. 

Estoque 

Nesse sábado,12, a Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto estava com o estoque abaixo do mínimo de quatro tipos sanguíneos: A, B e O negativo, e O positivo. 

O tipo A negativo possuía apenas oito bolsas de sangue, 30 a menos do que deveria ter para estar dentro do nível de segurança. Já para o tipo sanguíneo B, o ideal seria que houvesse 12 bolsas de sangue, mas havia somente duas em armazenamento. 

Para o tipo O negativo, faltam 50 bolsas de sangue para alcançar o estoque mínimo de 72 bolsas. Por outro lado, o tipo O positivo, apesar de ter 177 bolsas de sangue, precisa de 197 para completar o mínimo de segurança. 

Nos primeiros cinco meses de 2019, o Hemocentro coletou 14.074 bolsas de sangue. Contudo, com a pandemia em 2020, as coletas diminuíram para 12.955. Já nestes primeiros meses de 2021, a Fundação conseguiu coletar 13.297 bolsas.  

Dentre os hospitais que mais consumiram bolsas fornecidas pelo Hemocentro estão: o Hospital das Clínicas (HC), que em 2020 consumiu 13.506. Em segundo lugar foi Unidade de Emergência do HC, com 7.591 unidades, e em terceira posição ficou a Santa Casa de Ribeirão Preto, que consumiu 5.505 bolsas de sangue. 

Doação  

O doador deve ser maior de 18 anos, pesar mais de 50 quilos e estar bem de saúde. 

No dia da doação

- É obrigatório apresentar documento oficial com foto,  preferencialmente o R.G
- Dormir bem, pelo menos, seis horas antes da doação
- Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas. Em refeições fartas, como o almoço e jantar, só doar após três horas
- Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas
- Ingerir bastante água antes e depois da doação
- Não fumar, por no mínimo, uma hora antes e uma hora após a doação
- Não praticar exercícios físicos exagerados e atividades perigosas, como subir em locais altos ou dirigir veículos em rodovias, etc
- Permanecer no serviço hemoterápico após a doação por 15 minutos
- Não forçar o braço em que foi realizada a punção no dia da  doação, para evitar sangramentos e hematomas

Para outras informações sobre doação, clique  e acesse o site do Hemocentro.  

Imagem: Divulgação/Prefeitura de Ribeirão Preto

Compartilhar: