Revide, Consultor de gestão comercial analisa a retomada econômica, Ribeirão Preto, Economia, Negócios, Planejamento, Empresas

Jaime Fabreti Júnior, consultor de gestão, assina o blog "Alta performance" no Portal Revide

Consultor de gestão comercial analisa a retomada econômica

Jaime Fabreti Júnior, consultor de gestão comercial, comenta os desafios e dá dicas sobre a retomada econômica

Segundo o consultor de gestão comercial, Jaime Fabreti Júnior, é preciso que empresas e empresários estejam focados no planejamento estratégico para atravessar o momento de incerteza e de retomada econômica. Em entrevista ao Portal Revide, o consultor comentou os aspectos mais importantes de uma boa preparação para cenários desafiadores. 

Jaime Fabreti Júnior é colunista no blog “Alta Performance” do Portal Revide, onde comenta sobre gestão comercial, oportunidades empresariais e planejamento estratégico. 

Confira a entrevista:

Quais os principais desafios enfrentados pelas empresas, durante este contexto de retomada econômica? 

FABRETI: O racional neste momento de final de ano com as coisas voltando, é pensarmos o seguinte: depois de toda a queda tem uma subida. Todo momento de crise, tem um momento de tranquilidade posterior. Então temos uma oportunidade de retomada econômica neste pós-pandemia, onde muitos já estão vacinados e começam a ir para as ruas e voltar a consumir. O grande desafio das empresas nesta retomada, é a escassez de matéria prima e a inflação dos insumos, de todos os insumos, este é principal desafio que só pode ser superado com planejamento. 

Como você entende que deve ser feito este planejamento estratégico? 

FABRETI: Para nos prepararmos para desafios nós temos dois caminhos, o planejamento estratégico e o planejamento orçamentário. Sem isso, não conseguimos progredir dentro de um cenário estressante e desafiador. Do ponto de vista empresarial, é preciso preparação mesmo que as condições estejam nebulosas. Tudo começa com o plano de negócio, mesmo que você esteja com dúvidas, é necessário fazer um desenho da situação e esboçar as possibilidades de venda, faturamento e de custos para, dentro deste plano, traçar os objetivos para que a conta feche, atingindo um ponto de equilíbrio. 

Em relação ao planejamento orçamentário, quais as principais variáveis a serem consideradas? 

FABRETI: O orçamento deve estar aliado ao plano estratégico. Primeiro é preciso elaborar o chamado "cenário de negócio". Levantando o quanto se ganha, quanto sobra, quanto se investe, quem são os seus parceiros, qual o perfil do seu cliente e qual a sua proposta de valor naquilo que você se propõe a entregar. Isso vale para qualquer negócio, um salão de beleza, um restaurante ou um negócio na internet, é preciso projetar estes valores considerando volume de vendas, custos de mercadorias, a inflação dessa mercadoria, os custos de operações como internet, energia, funcionários, até fechar essa conta. 

Qual a melhor maneira de traduzir este planejamento em desempenho e geração de resultados nas empresas? 

FABRETI: Depois de feito o planejamento, fazemos a chamada análise SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats), ou FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) na tradução em português. Essa é uma análise para entendermos as forças e as fraquezas do seu negócio e, a partir dela, ajustar o orçamento e o planejamento tendo como meta o lucro, que é o grande objetivo de qualquer empresa. Esse é o planejamento estratégico ideal. Tudo isso vai dar certo? Sinceramente, não tem como saber. Mas tendo um plano, você tem pra onde seguir e sabe o que precisa ser ajustado, pois vai atualizando sua estratégia de acordo com os resultados obtidos. 

Como agir dentro deste planejamento, frente a um cenário de incertezas? 

FABRETI: Com este planejamento estratégico, é possível estabelecer as metas de receita e despesa, e criar planos de ação, reavaliando sua estratégia. Isso nós chamamos de ciclo PDCA, que também é uma sigla em inglês que significa Planejar (Plan), Executar (Do), Checar (Check) e Agir (Act). Essa é a metodologia ideal. Quando há o planejamento estratégico e orçamentário, é preciso ir adaptando este plano de negócio de acordo com seus resultados, indicando qual seu faturamento, as despesas com mercadorias, com pessoal, aluguel.

Metodologia PDCA

Nesse formato, as empresas e empresários podem se preparar para uma retomada econômica, mesmo que desafiante como esta, pois estamos em um momento de inflação muito alta onde os preços sobem a cada semana, aumentando todos os gastos, e esse cenário é uma conjuntura global. Então, você nunca vai zerar seu risco, mas estando preparado e tendo um planejamento, é possível mitigar, minimizar essas consequências. A grande mensagem que gostaria de deixar é, vamos começar 2022 com um plano de negócios bem definido, pensando sempre na geração de resultados.

Confira o blog "Alto performance", do Portal Revide, para mais informações.

Foto: Arquivo Pessoal

Compartilhar: