Revide, Ribeirão Preto recebe seminário internacional sobre delinquência juvenil, Ribeirão Preto, Seminário USP, Delinquência Juvenil

O evento é gratuito e aberto ao público

Ribeirão Preto recebe seminário internacional sobre delinquência juvenil

Evento na USP recebe especialistas e estudiosos com pesquisas que abordaram os riscos e as possibilidades apresentadas ao jovem hoje

Ribeirão Preto irá realizar o Seminário Internacional sobre Delinquência Juvenil nessa quarta-feira, 30, em que estudiosos apresentarão pesquisas dentro de um tema comum: os riscos e as possibilidades apresentadas ao jovem nos tempos atuais.

O evento ocorrerá no auditório da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto, das 8h às 17h. Esta será a 13ª edição do seminário, que a cada ano traz especialistas do mundo para a rara oportunidade da troca de conhecimentos, além de uma significativa aproximação entre a comunidade científica e a sociedade.

Participam acadêmicos e profissionais que atuam em áreas muito diversas, embora trabalhem com o mesmo público: juristas, psicólogos, assistentes sociais e professores que lidam no dia a dia com a criança e o adolescente. De Barcelona, da Espanha, virá Antonio Cano Martin. Ele é professor da Universidade de Barcelona, e também é psicólogo da Direção Geral de Execução Penal na Comunidade e Justiça Juvenil do Departamento de Justiça da Catalunya, Espanha. No evento, ele falará sobre “A delinquência e a violência juvenil: reflexões e estratégias de intervenção”.

Com pesquisas destacadas em publicações científica, a brasileira Valéria Cristina de Oliveira apresenta seus estudos sobre um tema atual e da maior relevância na formação dos jovens: a desigualdade escolar. No seminário, ela abordará “Violência em contexto escolar: os efeitos do lugar e o papel da escola”. Valéria é professora adjunta do departamento de Ciências Aplicadas à Educação, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais.

Em seguida duas psicólogas mestrandas e membros do Grupo de Estudo e Pesquisa em Desenvolvimento e Intervenção Psicossocial (GEPDIP), da FFCLRP/USP apresentarão os resultados da pesquisa “Adolescentes brasileiros: envolvimento em situações de violência como agressores e como vítimas e padrões de uso de substâncias psicoativas”.

O evento segue com uma série de workshops de profissionais que ocupam cargos relacionados à medida socioeducativa. Como Gustavo Pinto Vilar (perito em informática forense, que falará sobre os riscos do uso da internet por adolescentes), Lavínia Lupy Vieira Fonseca (juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Distrito Federal), Bárbara Macêdo (também do DF apresentará um importante projeto piloto, com base científica em um programa de Liberdade Assistida).

O dia será finalizado com os acadêmicos André Luís Gonçalves e Fernanda Simplício Cardoso, que apresentam o trabalho “Para além da delinquência: construindo laços e rompendo estereótipos com a juventude em cumprimento com as medidas socioeducativas”.

O evento é gratuito e outras informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (16) 3622-4830 e (16) 99142-7505 (Edileuza).

 

Foto: FDRP USP

Compartilhar: