Revide, Patrulha Revide: praça da Zona Oeste de Ribeirão Preto está há dois anos sem iluminação, patrulha revide, praça, zona oeste, ribeirão preto, iluminação, cpfl, prefeitura, municipal, fios, transformares, furto

O ambiente está perigoso para quem mora ou trabalha no local

Patrulha Revide: praça da Zona Oeste de Ribeirão Preto está há dois anos sem iluminação

De acordo com moradores da região, o local teve os fios e transformadores furtados

Uma praça, no Jardim Maria Goretti, Zona Oeste de Ribeirão Preto, está há dois anos sem iluminação. De acordo com moradores da região, o local teve os fios e transformadores furtados.

Por conta da escuridão, o ambiente se torna perigoso para quem mora ou trabalha na região. A comerciante Aparecida Jeania Silva tem um restaurante em frente à praça e reclama da falta de iluminação.

"Eu tenho um comércio de açaí e sorvetes na esquina. Essa escuridão tem me prejudicado muito. Sem iluminação, as pessoas nem chegam perto da praça, elas têm medo de serem assaltadas, de serem vítimas de violência sexual e, até, de usuários de drogas. Isso acaba com os comerciantes que trabalham à noite", comenta Aparecida.

Ainda de acordo com a comerciante, a prefeitura já foi notificada sobre o estado da praça. "Já foi feita a reclamação para prefeitura. Eles encaminharam uma equipe que confirmou o furto da fiação da praça, mas, até o momento, nada foi feito para reparar a iluminação", declara.

O Portal Revide entrou em contato com a Companhia Paulista de Forca e Luz (CPFL) que, por meio de nota, informou que enviará uma equipe, nesta quinta-feira, 2, para averiguar a situação da infraestrutura de iluminação pública já instalada nas ruas ao redor da praça e realizar os trabalhos de manutenção.

Porém, em relação aos postes no interior da praça, a distribuidora esclarece que a responsabilidade é da Prefeitura de Ribeirão Preto. Questionada, a administração municipal comunicou que o local será vistoriado pela Secretaria de Infraestrutura e, a partir da identificação do problema, será providenciado o reparo.

Foto: arquivo pessoal

Compartilhar: