Casos de dengue têm alta de 40,8% em Ribeirão Preto
Foram 82 casos a mais registrados na comparação com outubro de 2016

Casos de dengue têm alta de 40,8% em Ribeirão Preto

Números do mês de outubro são superiores ao mesmo período do ano passado, de acordo com Boletim da Secretaria Municipal de Saúde

Em novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde, foi constatada uma alta de 40,8% nos casos de dengue em Ribeirão Preto em outubro deste ano, em comparação com os dados compilados no mesmo mês de 2016.

Segundo o boletim da Divisão de Vigilância Epidemiológica, 283 casos foram registrados no mês passado, ante 201 em outubro de 2016. Os casos confirmados foram de 10 para 32 em outubro deste ano, representando uma alta de 220%.

O elevado número de casos deste ano se deve ao início do período das chuvas, que aumenta os criadouros de mosquitos transmissores da dengue Aedes aegypti na cidade. De acordo com o secretário municipal da Saúde, Sandro Scarpelini, as ações de combate e fiscalização pelos agentes serão intensificadas com o aumento das chuvas.

Apesar da alta no mês de outubro, a queda dos casos da doença nos primeiros 10 meses do ano se manteve superior a 99% em relação ao ano passado, com 161 casos em oposição aos 35.043 no mesmo período em 2016.

Não houve registros de casos de chikungunya em outubro, assim como os de microcefalia, febre amarela e gripes relacionadas ao vírus Influenza. As ocorrências de zika vírus tiveram uma queda de 85%.

Compartilhar: