Revide, Enquanto isso, no “app vizinho”..., tik, tok, ribeirão, preto, lucas, brigatto, aline, rizzo, instagram,

Aline Rizzo tem atualmente cerca de 175 mil seguidores no TikTok e 43,5 mil no Instagram

Enquanto isso, no “app vizinho”...

Desde o início da pandemia, o TikTok tem batido recordes de acessos, conquistando cada dia mais usuários

*Matéria publicada na edição 1089 da revista Revide.

"Tico Teco”, “Teco Teco”, “App Vizinho”: esses são alguns dos apelidos dados à rede social TikTok. O aplicativo que surgiu em 2014, como Musica.ly, mudou de nome em 2017, quando foi comprado por uma nova empresa. Após dois anos, já havia sido baixado cerca de 750 milhões de vezes.

Em seguida, atingiu a marca de 1,5 bilhão de usuários mensais – ultrapassando o Facebook em números de downloads. Mas, para muitos, foi quando o mundo todo parou e precisou ficar em casa para evitar a disseminação do novo coronavírus, em março de 2020, que o TikTok virou uma febre.

Nesse espaço digital, os usuários fazem desafios, imitam pessoas famosas – ou áudios conhecidos –, reproduzem coreografias e se divertem reproduzindo um conjunto de sátiras. Muitos dos conteúdos acabam viralizando e, com isso, o usuário alcança um enorme público, de uma hora para a outra. É o caso de dois jovens ribeirão-pretanos: Aline Rizzo e Lucas Brigato. 

Criando novas histórias

Aline Rizzo, de 17 anos, entrou para o TikTok quando ele ainda era nomeado como Musical.ly, em 2018. Postou somente alguns vídeos e, pouco tempo depois, desinstalou o aplicativo. Quando a quarentena foi decretada, ela decidiu reinstalar a rede e criar uma nova conta. Naquela época, nem imaginava que os vídeos fossem fazer tanto sucesso, a ponto de trazer milhares de seguidores para as suas redes.

“O primeiro vídeo que viralizou foi um em que eu dublava uma a música ‘Desculpa Doutor’ em um pôr do sol. Ele atingiu 14 milhões de visualizações e acabou sendo usado na propaganda do aplicativo. Foi uma experiência incrível e, ao mesmo tempo, muito confusa também. Realmente, foi algo inesperado”, relembra Aline. 

Com o sucesso repentino, tanto os elogios quanto as críticas apareceram. Nesse momento, ela percebeu que o crescimento nas plataformas digitais vem acompanhado de uma grande responsabilidade. “Tudo que a gente faz requer muito cuidado com expressões erradas e assuntos polêmicos. Não quero influenciar as pessoas de uma maneira inadequada”, afirma a jovem.

Mesmo com o destaque conquistado, Aline não se sente pressionada a produzir. Ela mantém a rotina de gravações bem espontânea, priorizando gravar somente quando está confortável para aparecer nas redes. A intenção, segundo ela, é transmitir boa energia e sentimentos agradáveis, para que seu público se sinta da mesma maneira.

Lucas Brigato, de 24 anos, revela que uma brincadeira o levou para esse universo. “Fiz um vídeo com diferentes fotos minhas. Quando percebi, já estava com 300 mil visualizações”, comenta. Hoje, com mais de 110 mil seguidores no TikTok, evita postar qualquer coisa que possa gerar problemas ou mal-entendidos. “Quando eu comecei a crescer, comecei a pensar antes de postar, porque querendo ou não, tem crianças que me acompanham e sinto que carrego certa responsabilidade”, afirma Lucas. O influenciador optou por manter uma frequência: posta dois vídeos por dia, todos os dias. 

“É necessário ter cuidado e pensar no conteúdo antes de postar, já que carregamos grande responsabilidade”, ressalta Lucas Brigato

Novas oportunidades 

Para ambos, a consequência dos vídeos de sucesso tem sido o surgimento de novas oportunidades profissionais, em parceria com diferentes áreas de mercado. Segundo Lucas, continuar se dedicando e produzindo novos conteúdos para a plataforma faz com que mais portas se abram. “É claro que tudo isso é muito bom, mas a interação e o carinho que recebemos continua sendo o nosso principal combustível. Queremos sempre inovar para entreter as pessoas e, quem sabe, inspirar quem tem o desejo de seguir pelo mesmo caminho”, finaliza. 

Leia mais:

Conheça seis youtubers de Ribeirão Preto
 

Fotos: Reprodução

Compartilhar: