Revide, Grupo leva esperança a comunidades carentes de Ribeirão Preto, Grupo, pessoas, esperança, comunidades, carentes, Ribeirão, Preto, ministério

Segundo os responsáveis pela ação, a atividade traz um sentimento de gratidão

Grupo leva esperança a comunidades carentes de Ribeirão Preto

O Ministério Resgatando Famílias leva cinema, atividades culturais e gincanas a quem não tem acesso

Reginaldo Chagas e Paula Silva estão entre os principais responsáveis pela ação do ministérioEm Ribeirão Preto, o grupo de pessoas pertencente ao Ministério Resgatando Famílias tem levado esperança a diversas pessoas de comunidades carentes de Ribeirão Preto. Os integrantes do movimento levam cinemas, atividades culturais e até gincanas a quem não tem acesso.

De acordo com Reginaldo Chagas, fundador e presidente do movimento, o ministério existe há 15 anos. “Ele nasceu com um propósito para que, junto às comunidades da cidade, possamos mostrar para a sociedade que existem uma gama de grande potencial desde o esporte ao mercado de trabalho. E que por sua vez procuramos uma forma de trazer para esta instituição uma equipe de voluntários que venha fazer a diferença doando uma ou mais vezes do seu precioso tempo 'dependendo de cada caso' para somar na vida do outro”.

Segundo ele, atualmente, o projeto existe com o apoio da sociedade civil, com produtos que gerem benefícios para as comunidades. “Ainda falta uma estrutura que possibilite atividades que agreguem valor à mesma, mas com o apoio do Cenourão levamos todas as quintas-feiras legumes, verduras e frutas para pessoas, além de doações de roupas e cortes de cabelo, manicure, avaliação odontológica preventiva e prevenção de riscos com uma apresentação do cinema na comunidade que passa todo o período do dia com estas famílias”, diz.

Chagas diz que uma das personagens principais nessa ação é a a Tia Paula, que leva o sorriso às crianças com simples brincadeiras e carinho. “O talento que compõe esta personagem faz dela também um ser humano espetacular. Hoje fazemos um apelo à sociedade, para que venham viver essa experiência fantástica. É lindo estar com quem precisa de afeto, carinho, atenção e amor. Nada acontece se Deus não permitir”, afirma.

É com o carinho que se conquista as crianças. É assim que Paula Silva, ou Tia Paula, leva seu trabalho. Nascida em Barretos, mas radicada em Ribeirão Preto desde 1991, ela faz trabalhos voluntários e cuida das relações públicas do ministério Resgatando Famílias.

Paula diz que sua personagem é amada pelas crianças, pois a Tia Paula fala a linguagem dos pequenos. “Cada vez que faço um trabalho com essas pessoas carentes, tanto criança como adolescente ou idoso, é uma emoção diferente, a cada sorrisinho que a arranco de uma pessoa, a alegria no coração é inexplicável. Renova toda a vontade de viver para continuar alegrando quem sofre tanto com a vida”.

Segundo ela, sua personagem é uma boneca, que evangeliza as pessoas, mas com a ajuda de Zaira – um fantoche. “Uma vez ao mês passamos um filme com pipocas e refrigerante nas comunidades. Além deste evento, durante o ano todo realizamos várias atividades diferentes”, finaliza.

Alimentos são entregues a pessoas carentes da comunidade ribeirãopretana

Foto: Divulgação

Compartilhar: