Revide,Servidores do Daerp abrem série de paralisações setoriais,sindicato, servidores, paralisações, reajuste, prefeitura

Servidores do Daerp abrem série de paralisações setoriais

Por duas horas, os portões da autarquia permaneceram fechados durante o manifesto na manhã desta segunda-feira, 20

O calendário de paralisações setoriais dos servidores foi inaugurado na manhã desta segunda-feira, 20, no Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto (DAERP). Por duas horas, das 7h às 9h, os portões da autarquia permaneceram fechados durante manifesto com a presença dos servidores do Daerp e da diretoria do sindicato que representa a categoria.

Entre os cartazes com palavras de ordem, havia um que trazia o lema: “Se o governo não tem proposta, paralisação é a nossa resposta”. A frase faz referência à insatisfação dos servidores com o pedido de tempo do governo – uma semana, até o dia 24 de março – para a apresentação do reajuste salarial, que, por unanimidade, foi recusado pela categoria em assembleia geral, na noite da última sexta-feira, 17. Na ocasião, os servidores também aprovaram o atual estado de greve e paralisações setoriais.

“Esperamos que o governo reabra a rodada de negociações ou apresente uma proposta de reajuste salarial nos próximos dias. A prefeitura não pode mais mascarar essa resposta para o dia 24”, destaca Laerte Augusto, presidente do sindicato dos servidores municipais.

As paralisações setoriais seguem nesta terça-feira, 21, na Secretaria de Infraestrutura, e terminam na quarta-feira, 22, na Secretaria de Assistência Social (Semas).

A partir desta quarta-feira, 22, a diretoria do sindicato planeja se reunir para marcar a próxima convocação da assembleia geral dos servidores, onde serão discutidas as próximas ações da categoria.

Os servidores cobram do governo um reajuste salarial de 13%. Os trabalhadores também reivindicam o mesmo índice de reposição para o vale-alimentação (de R$ 823,00 para R$ 929,99) e para a cesta básica nutricional dos aposentados.

Outro lado

A Secretaria Municipal de Administração já ratificou que manterá o prazo de uma semana, acordado na última rodada de negociações, para responder a todos os questionamentos do Sindicato dos Servidores que, além da reivindicação salarial, apresentou vários temas para as Secretarias Municipais.

Foto: Divulgação

Compartilhar: