Revide, Câmara rejeita projeto que permite Guarda Municipal fiscalizar trânsito em Ribeirão, câmara, projeto, ribeirão preto, guardas, civil, municipal

Projeto atualizaria texto de 1999 que já permite atuação da guarda na fiscalização do trânsito

Câmara rejeita projeto que permite Guarda Municipal fiscalizar trânsito em Ribeirão

Vereadores contrários cobraram medidas de educação nas ruas

A Câmara Municipal de Ribeirão Preto rejeitou na sessão desta terça-feira, 12, o projeto enviado pelo Executivo que regulamentava a permissão para que os Guardas Civis Municipais participassem da fiscalização do trânsito no município. A prefeitura planejava que 20 agentes fossem treinados para a demanda.

Leia mais:
Prefeitura de Ribeirão quer que guardas municipais fiscalizem o trânsito

O projeto dividiu os vereadores. Entre os argumentos contrários à medida estavam cobranças pra que o município implementasse ações de educação de trânsito. Já os parlamentares favoráveis afirmaram que a atitude auxiliaria a Polícia Militar, que ficaria menos sobrecarregada.

“Uma das coisas que choca é Ribeirão Preto não regulamentar essa lei. Não é para usar a Guarda Municipal como oficina de multa, ela vai regulamentar uma lei federal, é para auxiliar no trânsito”, defendeu o vereador Otoniel Lima (PRB), que era um dos favoráveis à aprovação da lei.

Assim como Marcos Papa (Rede), que disse que o projeto seria fundamental para “liberar a Polícia Militar para patrulhar a cidade na contenção da violência”. Porém, Boni, do mesmo partido de Papa, cobrou que o município primeiro implementasse ações de educação no trânsito, para depois haver a punição.

“De que adianta ter tanto plano, mas não ter projeto para educação no trânsito”, afirmou Boni. Outro contrário, Renato Zucolotto (PP) disse que não era contra o projeto, mas da forma que ele foi encaminhado, já que de acordo com ele “aliaria a arma com o caderninho”.

Foto: Allan S. Ribeiro/Câmara Ribeirão

Compartilhar: