Mulheres que inspiram: Karina Gonçalves

Mulheres que inspiram: Karina Gonçalves

Karina Gonçalves é empresária especializada na organização de festas e cerimônias

Após os sucessivos adiamentos durante a pandemia, as festas de casamento ganharam um significado ainda mais especial. Em meio a tantas incertezas, Karina Gonçalves, empresária especializada na organização de festas e cerimônias, assumiu a missão de resgatar o brilho dos noivos. Vendo tanta ansiedade acumulada por aqueles que não veem a hora de subir ao altar, Karina faz questão de ligar para cada um de seus clientes para elevar o astral.

“Vamos começar a festa?! Será o dia mais incrível da vida de vocês, meus amores”, diz a empresária ao telefone. Esse cuidado com a emoção dos noivos faz parte do rito para a preparação de um bom casamento. Toda a organização envolvendo o buffet, decoração, som, iluminação, cerimônia e os mínimos detalhes é acompanhada de perto por Karina. “Sempre fiz questão de estar presente em todas as etapas. Para mim, não há alegria maior do que ver o sorriso e a alegria dos casais, da família e dos convidados nesse dia tão mágico”, comenta a empresária. 

O talento para a organização a acompanha desde a infância. “Me lembro, aos seis anos, quando minha mãe chegava em casa, a mesa estava posta. Esse não era um hábito da minha família, era algo que partia de mim”, recorda. Além de liderar uma equipe competente, Karina ainda arranja tempo para ser apresentadora de TV. Com o programa “Karina Gonçalves”, na TV Thathi, a empresária encontrou um meio para levar a magia das festas para a casa dos telespectadores. “Não aguentava mais ligar a TV e ouvir falar sobre mortes, briga política e tristeza. Foi algo bem atrativo, em um momento em que as pessoas precisavam consumir um conteúdo diferente e que pudesse trazer mais leveza”, explica. Além de todas essas atividades e da posição de destaque em Ribeirão Preto, quando Karina volta para casa, ela é a mãe da pequena Pietra. “O nascimento dela foi momento mais importante da minha vida e carreira, como diz o sábio ditado: nasce um filho, nasce outra mulher. Foi um marco para aflorar tudo de bom que estava guardado dentro de mim”, conclui.

Compartilhar: